Porto Alegre, julho de 1986

198607 (24K)
Visão da congregação naquela ala, cuja sempre elevada freqüência era motivo de minha constante admiração

E eu lhes disse: Haveis perguntado ao Senhor?

E eles responderam: Não perguntamos, porque o Senhor não nos dá a conhecer estas coisas. (1 Néfi 15:8,9)

Nunca pensei que ficaria triste por ver uma escritura ser cumprida em mim. Mais uma vez, o exemplo de Néfi encaixou-se como uma luva em minha situação perante meus pais. Desta vez, manifestaram seu inconformismo com minha atitude de ter ido para a missão e disseram que queriam conhecer o que Deus pensa a respeito. Então fiz a eles a mesma pergunta que Néfi fez a seus irmãos incrédulos. Por incrível que pareça, a resposta foi idêntica à de Lamã e Lemuel, conforme transcrita acima.

Temo que o destino de meus pais venha a ser o mesmo que o dos irmãos de Néfi.

A situação deles só não é espiritualmente mais deprimente do que a de um crente fanático que encontramos, para quem o que não estiver escrito em sua Bíblia não pode ser verdade. Como em sua Bíblia não está escrito o nome de Joseph Smith ou do Livro de Mórmon, somos impostores e falsos profetas. Fico muito triste por ver tamanha cegueira espiritual em minha frente, e mais triste ainda por ser impotente perante essa situação.

(Visited 63 times, 1 visits today)

Artigos relacionados:

  • Nenhum artigo relacionado
Esta entrada foi publicada em Missão de tempo integral. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe seu comentário - mas observe as regras acima!