Senador Eduardo Suplicy visita escritórios administrativos da Igreja

Da esq. p/ dir.: Élder Ulisses Soares, Senador Eduardo Suplicy e Élder Charles Didier

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) visitou em 23 de novembro os Élderes Charles Didier e Ulisses Soares, da Presidência da Área Brasil de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e conheceu melhor os programas de ajuda humanitária e serviço comunitário da Igreja.

Ageo Levi Minharo (gerente de Bem-Estar), Nei Garcia e Fernando Assis (Assuntos Públicos) fizeram uma apresentação das principais ações humanitárias deselvolvidas pela Igreja, incluindo o projeto Mãos que Ajudam.

O senador assistiu a uma das reportagens exibidas pela Rede Band TV que mostra uma parte dos projetos humanitários feitos em alguns lugares do mundo. Ao final da apresentação, o senador ainda assistiu a dois spots de TV Homefront e elogiou o valor das mensagens sobre a importância da família.

O senador Suplicy aproveitou a oportunidade e falou sobre o seu projeto “Renda Básica da Cidadania”, que visa promover uma condição mínima de dignidade e sustento a cada brasileiro.

Ao final, os Élderes Didier e Soares presentearam o senador com um quadro contendo A Família: Proclamação ao Mundo, uma pequena estátua simbolizando os laços familiares, um CD do Coro do Tabernáculo e um exemplar do Livro de Mórmon.

Na saída, o senador expressou seu desejo de conhecer a sede da Igreja em Salt Lake City no próximo ano.

(Com informações do comitê de assuntos públicos da Igreja)

(Visited 26 times, 1 visits today)

Artigos relacionados:

Publicado em Notícias da Igreja com a(s) tag(s) , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente deste artigo a seus favoritos.

 

REGRAS PARA COMENTAR NOS ARTIGOS:

  1. Não use agressividade, provocações, insultos, ironias, deboches, maledicências, palavrões e coisas desse tipo, ou seu comentário será sumariamente apagado. Aceito críticas, sim, o que não aceito é falta de educação e de respeito.
  2. Não use e-mail falso ou seu comentário poderá ser apagado.

Deixe seu comentário - mas observe as regras acima!